O(A) companheiro (a) para toda a vida, Parte II

Por SaKAIZEN Sakurai
   
   

Eu gosto de você...
E gosto de ficar com você...
Meu sorriso é tão feliz contigo...
Meu melhor amigo é o meu amor...

...Seus olhos, meu clarão...
Me guiam dentro da escuridão...
Seus pés me abrem o caminho...
Eu sigo e nunca me sinto só...

Os Tribalistas

 

   

Que “insights” e conclusões você teve como resultado de suas reflexões a respeito da sua experiência em imaginar o(a) companheiro(a) ideal para estar ao seu lado por toda sua vida? Aqueles que quiserem compartilhar suas experiências conosco, por favor, usem o canal disponível para seus comentários.

Para aquelas pessoas que não leram a Parte I do texto, sugiro que o façam antes de ler esta Parte II. É importante para ter uma compreensão mais completa da mensagem do texto como um todo.

Vamos aprofundar mais um pouco este exercício de imaginação criativa...Vamos refazer a viagem ao paraíso virtual que você criou anteriormente. Sente-se confortavelmente na sua poltrona... relaxe completamente o máximo que puder... respire profundamente três vezes... volte para dentro de si mesmo... e viaje interiormente até o seu paraíso virtual...

Com os olhos da mente, veja você no cenário maravilhoso que você criou. Agora entre na cena e veja tudo que vê, ouça tudo que ouve e sinta todo o prazer e bem estar que sente ao estar presente de corpo e alma neste lugar fantástico e maravilhoso...

Desta vez, imagine que você está sentado(a) de costas, aguardando essa pessoa especial. Perceba sua respiração tensa, a explosão de seus hormônios e as reações de expectativa e de ansiedade que tomam conta de seu corpo. Ao ouvir os passos se aproximando, sinta seu coração bater mais forte e acelerado... Sinta o aroma inebriante que exala desta pessoa... Ao toque suave e caloroso das mãos dessa pessoa nos seus ombros, perceba o arrepio que toma conta de você e percorre todo o seu corpo, da cabeça aos pés, como se fosse um choque elétrico...

Respire fundo... levante-se vagarosamente... vire-se de frente para esta pessoa tão ansiosamente aguardada... Olhe bem para ela... Para sua grande surpresa... essa pessoa é............. você mesmo(a) !!!! Surpreso(a)?... Desnorteado(a)?... Decepcionado(a)?...

Esta é a pessoa com quem você vai ter que conviver vinte e quatro horas por dia, todos os dias até o fim da sua vida, quer você goste ou não. Esta pessoa é o seu companheiro / a sua companheira para a vida toda!!! Ela é a pessoa que você conhece e lhe conhece há mais tempo nesta vida. Ela é quem lhe acompanha desde a época do seu nascimento até hoje. Ela é quem lhe consola e está sempre junto de você nos momentos mais difíceis da sua vida. Ela é quem divide com você suas alegrias e suas tristezas, suas vitórias e suas derrotas.

Como você reage a esta imagem de você mesmo(a) como o seu companheiro / a sua companheira para toda a vida? Seja honesto(a) com você mesmo(a). Perceba todos os sentimentos, todas as sensações e emoções que sente ao ver esta imagem. Anote tudo que você sente, tudo o que diz a sua voz interior, enfim, tudo que for importante e significativo ao passar por esta experiência. Reflita profundamente sobre esta experiência antes de continuar a ler este texto...

Pausa para reflexão...

Pausa para continuar a reflexão...

A grande maioria das pessoas que fez este exercício não se sentiu confortável com esta experiência. Algumas se sentiram frustradas, outras decepcionadas. Muitas disseram que seria difícil e mesmo insuportável viver apenas consigo mesma. Raras foram as pessoas que se sentiram em paz consigo mesma. Por que será que isso acontece com tanta freqüência?

A maioria das pessoas não se ama de verdade

“A maioria das pessoas se menospreza;
considera-se desprezível e indigna de ser amada.”

Carl Rogers

É surpreendente o número de pessoas que não se amam e não se aceitam do jeito que são. Elas não estão satisfeitas consigo mesma. Censuram, criticam e se culpam muito. Ficam ressentidas consigo mesma e não demonstram afeto e amor próprio. Elas não se amam de verdade e sua auto-estima é quase inexistente.

Essas pessoas não suportam ficar sozinhas consigo mesma e nem têm confiança em si. Mantém um diálogo interno difícil e complicado, para não dizer litigioso consigo mesmo. Tratam a si própria como tratam as pessoas de quem não gostam. Elas não conseguem admitir que elas mesmas podem suprir suas próprias necessidades e suas carências. Assim, procuram nas outras pessoas tudo aquilo que elas não têm. Elas vivem a ilusão de um dia encontrar a cara metade ou a alma gêmea que vai completar tudo que lhes falta. Acreditam que só assim poderão se tornar inteiras e serem felizes para sempre. Infelizmente, isso dificilmente acontece. É uma ilusão querer que alguma coisa ou pessoa externa venha preencher uma necessidade interna.

Elas se esquecem de que já são pessoas inteiras e completas. Elas não conseguem perceber que os opostos(qualidades) de suas deficiências e limitações também fazem parte de sua essência, do seu Todo. A luz não pode existir sem a escuridão. A coragem só tem razão de existir diante do medo. A segurança se contrapõe à insegurança. A saciedade existe por causa da fome. A sabedoria nasce a partir da ignorância. O yin completa o yang e juntos formam o Todo.

Se você é incapaz de se aceitar e de se amar verdadeiramente, você também não está em condições de amar verdadeiramente outras pessoas. As únicas coisas que você tem para dar são as suas carências. Se você se sente uma pessoa indigna de ser amada, como pode acreditar que outras pessoas vão estar dispostas a amar você?

Quando você se conscientizar de que é uma pessoa completa, inteira, você poderá então se transformar numa pessoa sedutora por inteira, em todos os sentidos. Quando você se encontrar em paz consigo mesma, você então poderá doar o seu amor incondicional às outras pessoas, sem restrições, sem exigir nada em troca. Quando isto acontecer, as pessoas vão gostar de amar você.

Aprenda a amar a si próprio

Amar a si próprio é não se criticar a toa. É se auto-valorizar. É fazer elogios e agradecer pelas conquistas alcançadas. É estender os braços e se consolar nos momentos difíceis. É se tratar com carinho, com ternura e amor, da mesma forma como tratamos as pessoas que mais amamos. É perdoar-se, libertando-se das amarguras, dos erros, dos ressentimentos, das culpas e das limitações do passado.

Quando nos amamos, nos aceitamos e nos aprovamos, tudo na vida melhora. Nossa auto-estima se eleva, nossa saúde se fortalece, nossos relacionamentos se tornam mais satisfatórios, atraímos coisas positivas, sentimos um bem estar e uma paz interior intensos. Amar a si próprio é a chave para mudanças positivas em todas as áreas de nossa vida.

Você pode começar a se amar, escrevendo uma carta de amor para a pessoa que você mais deveria amar nesta vida: você mesma. Faça isso agora e depois me conte como foi passar pela experiência de escrever e ler uma carta de amor para você mesmo(a), escrita pela pessoa que mais ama você.

Foi fácil ou foi difícil escrever esta carta de amor para você mesmo(a)? Que sentimentos afloraram ao escrever e ao ler esta carta? Por favor, faça os seus comentários através do canal disponível.

Você estará se amando de verdade, quando você puder cantar a música dos Tribalistas, sentindo o amor genuíno brotar de dentro de seu coração, ao se sentir feliz, contente e segura em sua própria companhia...

O que falta para você se tornar o companheiro / a companheira ideal para você?

Revise as características que você listou e identificou na pessoa especial que você idealizou como seu companheiro / sua companheira ideal na Parte I e que fazem dele(a) uma pessoa tão cativante e sedutora. Compare com as qualidades que você tem e que gostaria de manter, listadas no seu processo de auto-conhecimento. O que falta para você se tornar parecido(a) com o seu parceiro / parceira ideal? Essas características que faltam estão na sua lista de qualidades que você ainda não tem, mas gostaria de ter? Se não constar, inclua-as na sua lista.

Quando você começar a se aceitar do jeito que você é, quando você aprender a se amar de verdade, aí então você poderá iniciar o seu processo de auto-desenvolvimento. Quando você acreditar que está se tornando uma pessoa completa e inteira, você poderá conviver e relacionar-se harmoniosamente consigo mesmo(a). E quando você estiver satisfeito(a) com a pessoa que você é, amando a si próprio(a), sentindo uma paz e harmonia interior, preenchido(a) em suas necessidades, você poderá relacionar-se harmoniosamente com outras pessoas, doando e compartilhando incondicionalmente o seu amor e sendo amado(a) incondicionalmente por estas pessoas. Você então estará pronto(a) para se relacionar harmoniosamente com o mundo exterior.

Reflita profundamente sobre todas estas questões e veja o que você pode fazer imediatamente para o seu processo de auto-desenvolvimento. Se você estiver fazendo os exercícios aqui propostos, muito provavelmente você está se conhecendo cada vez melhor, o que irá contribuir para o aprofundamento do seu processo de auto-desenvolvimento em busca da excelência em seus relacionamentos.

Gostaria de lembrar que este é um espaço interativo. É importante para nós, colunistas, recebermos o feedback de você. Por isso, peço que faça seus comentários, dê a sua opinião e sugestões, relate suas experiências e traga suas dúvidas para que possamos aperfeiçoar cada vez mais nossos textos em busca da excelência. Se preferir, pode fazer o contato em pvt, acessando o meu e-mail.

Receba o meu amor incondicional, pois:

Eu gosto de você...
E gosto de ficar com você...
Meu riso é tão feliz contigo...
Meu melhor amigo é o meu amor...

SaKAIZEN Sakurai
Aprendiz do comportamento humano

 

 

mais artigos Em Busca da EXCELÊNCIA

             
             
  Artigos que você também vai gostar:
 
 
             
 
 
 
 LIVROS DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL
Vencendo a Timidez

A Auto-Estima Se Constroi Passo A Pass

Seja Assertivo Trabalhanco com a Inteligência Emocional  
 
   
Ver mais livros de Desenvolvimento Pessoal  
 
 
 

Faça uma busca pelo site

 
Cadastre seu email e
fique por dentro das novidades

 
 
 
 
 
 
Facebook Portal CMC Twitter Portal CMC Portal CMC