Quem manda?

0
Sonia Cruz

Afinal, quem manda mesmo em Você?

Já percebeu qual a medida do seu comando?

Quem e quanto de poder Você tem? E quanto e quando Você delega aos outros?

Seria muito proveitoso para Você – e para todos – se Você tivesse consciência disso. Se todos tivessem consciência disso…

Por que?

Pois vamos observar as atitudes das pessoas em volta de nós.

Observar é uma Atitude muito importante e é ela que pode nos esclarecer para as coisas na vida.

Senão vejamos: você observa uma cena onde duas pessoas têm uma alteração e percebe que por menor que seja essa desavença ela produz reação até em pessoas que não estão envolvidas nela!

E aí você pode observar quanto de Poder as pessoas dão umas às outras.

Pois, se você escuta alguém falar de maneira meio áspera com o outro, e o outro retruca “na mesma moeda”, ou seja, em vez de Agir, reage.

Isso é o começo da entrega do Poder ao outro, ou aos outros.

O que vemos é que não temos poder sobre nós enquanto não tivermos poder sobre as nossas Ações e reações.

E observando dentro de você é que vai perceber até onde seu Poder está entregue! É sua raiva, seu ressentimento, seu ciúme, sua insegurança, que estão agindo na sua Escolha?

A Assertividade – tão falada hoje – nada mais é que saber o que queremos e como queremos, firmando isso dentro de nós e afirmando para fora de nós.

Vamos dar mais uma olhada nessa atitude: se meu chefe me estimula a trabalhar melhor, eu escolho aceitar ou não, esse estímulo.

Se ele me irrita com um comentário injusto, quem decide como vou agir sou eu ou é a atitude dele?

Quem manda em mim? Quem decide por mim?

Outro exemplo ?

O Poderoso Celular – afinal, é você quem manda nele ou é ele que manda em você ?

Você sabe o que quer fazer quando ele toca? Ainda pode Escolher, ou cai no automatismo e quando vê já está atendendo…?

Já vi muita gente boa atender o celular vezes seguidas o chamado de uma mesma pessoa querendo saber onde está, porque não voltou para casa… E a pessoa atende, responde, cada uma das vezes e nem nota a situação… até de vexame que está sendo protagonista !

A Atenção é muito importante mesmo ! Só assim vamos poder saber Escolher o que queremos fazer, ser, agir… em cada momento.

Ela é só um hábito, um hábito sadio, saudável, que nos serve no nosso comando, na entrega do comando ao outro – seja esse outro nossa raiva, nosso medo, nosso mau humor… seja ele gente… celular, ou a TV…

Ação em vez de reação – nunca é demais falar, insistir, nesse lado da nossa atitude diante da Vida.

Quem manda em mim ? Até onde eu mando em mim ? Até onde sou eu que resolvo o que vou querer, ser, sentir ?

Sempre lembrando que não se trata de fazer certo – somos os eternos aprendizes – mas de fazer o que no momento, a verdade do momento permite que façamos o nosso melhor.

Pois quem manda em mim Sou Eu.

Sou o responsável por mim, respondo por minhas atitudes e procuro o

CAMINHO DAS HARMONIOSAS ESCOLHAS

mais artigos sobre Assertividade

 


Comments are closed.