O fluxo do pensamento

0
Cláudia Giovani

BenjaminMiller2651/Freerange Stock

A criatividade funciona mais ou menos assim: poder espiritual, direção mental, foco emocional e manifestação física.

Nossos pensamentos fluem naturalmente para onde nossa atenção está concentrada. Algumas pessoas concentram sua atenção nos defeitos, nas falhas, nas imperfeições.

Tornam-se caricaturistas sem serem artistas. Têm prazer em encontrar defeitos e adoram criticar tudo e todos.

Infelizmente perdem a faculdade de ver as coisas boas, não conseguem aceitar as pessoas e o mundo como são e assim deixam de ver até o próprio charme e beleza que possuem.

Toda crença começa com a crença que você tem em si mesmo. Quando você se olha no espelho pode estar vendo seu melhor amigo ou seu pior inimigo. Nosso mundo gira unicamente em torno de nós. Começa e termina em nosso coração. O que somos e o que esperamos ver, começa com nossa crença em nós mesmos.

Esta crença passa a ser uma convicção quando você experimenta o resultado de sua ação. Se você pensa que pode andar, treina, experimenta e consegue, nasce uma convicção. Se você pensa que pode falar e consegue, nasce outra convicção. Algumas pessoas dão maior importância aos tombos que levaram antes de acertar o primeiro passo, então constroem suas convicções nos insucessos. Outras pessoas valorizam o acerto, ficam felizes porque conseguiram andar depois de várias tentativas e experiências diferentes. Estas constroem suas convicções baseadas no sucesso.

Os dois grupos de pessoas experimentam os mesmos tombos e primeiros passos cambaleantes. No entanto, umas se julgam vítimas, incapazes ou inferiores, enquanto as outras compreendem que é preciso prática e experiência para atingir a mestria em qualquer área da vida.

Quando olhamos para nossas vidas podemos facilmente nos identificar fazendo parte dos dois padrões de pensamentos/convicções. Em algumas áreas da vida somos vencedores, temos nossa “fórmula do sucesso”: a convicção de que em algum momento vamos acertar. Não damos nenhum peso ao tempo que levamos tentando e fazendo diversas experiências para chegarmos a dominar o assunto. Em outras áreas estamos sempre nos atrapalhando, nos criticando e nos julgando impotentes e incapazes.

Quando usamos nossa “fórmula de sucesso” nas áreas de nossas vidas que vão mal, a tendência óbvia é que também comecem a nos dar prazer.

Você pode passar anos recolhendo informações sobre autoconhecimento e autoconsciência, entretanto para mudar alguma coisa em sua vida é preciso se exercitar na habilidade de aplicar os princípios do pensamento dirigido. Conhecimento sem a habilidade de melhorar a própria vida é conhecimento impotente. Autoconhecimento e autocriação (manifestação de uma vida melhor) caminham juntos.

A fórmula para a manifestação da vida como nós a queremos está ai disponível desde que o mundo é mundo. Basta observar como o universo funciona. Cada princípio filosófico, na verdade, nasceu da observação de como funciona o universo, a natureza ou a Vida.

Como estamos manifestando nossas vidas (nossos mundos) diariamente, minuto a minuto, pensamento a pensamento, este é um estudo importante se realmente queremos tornar nossas vidas mais gostosas de serem vividas.

Cláudia Giovani é formada em:
Pedagogia
– Narayana – Curso de Formação de Professores de Yoga
– International Yoga Course – under direct supervision of Swami Gitananda
– Filosofia e Psicologia Prática Oriental e Vedanta – Associação Filosófica Palas Athena
– Meridian Psychoterapist – EFT Practitioner
– Introductory Course and Practitioner of FREEWAY-CER
– Doctor of Motivation of Universal Life
– Spiritual Healer of Universal Life
– Magnusa Phoenix Master&Healer
– Master em Reiki Tradicional, Seichim, Jin Kei Do, Karuna Reiki, Tera Mai, Sacred Flames Reiki, PRISMologia, Templar Degree,
Magnified Healing, Colour Angels e Xamã Ama Deus.
– Membership of Huna Ohana-Huna Research, Inc.
– Florais de San Germain
Acesse: http://www.shanta.biz

mais artigos Energia e a Lei da Atração

 


Comments are closed.